fechar
ArteMuseu

Museu da PUCRS recebe exposição “Landell de Moura: 100 anos da história do rádio”

Re-#769plicas-do-aparelho-transmissor-de-ondas—Foto-Edson-Hu-#776ttner-PUCRS–3-

Nesta última terça-feira, dia 12,começou a exposição “Landell de Moura: 100 anos da história do rádio”. Ela conta a história da trajetória do gaúcho Roberto Landell de Moura, denominado “Padre cientista”. Nascido em 21 de janeiro de 1861, em Porto Alegre, ele é lembrado por sua contribuição no campo das telecomunicações e é considerado o inventor do rádio. Em março de 1901, ele patenteou o aparelho no país, sendo responsável pela primeira patente do gênero no mundo. 

A trajetória educacional de Landell de Moura o conduziu à Escola Politécnica no Rio de Janeiro e, posteriormente, à Roma, onde recebeu formação em Teologia e foi ordenado sacerdote em 1886. Durante sua estadia em Roma, lançou as bases de suas pesquisas que culminaram na revolucionária invenção de transmitir voz à distância sem fios, posteriormente reconhecida como a essência do rádio. 

A mostra também comemora os 130 anos da primeira transmissão de telegrafia e telefonia sem fio, experiência feita pelo padre, em equipamentos alocados a 8km de distância um do outro. 

Pensando na importância de Landell, a exposição foi desenvolvida a partir de uma parceria entre a Escola de Comunicação, Artes e Design (Famecos) da PUCRS e o Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Sul. A mostra ficará em exibição pelos próximos três meses no terceiro andar do Museu de Ciências e Tecnologia da PUCRS, de terças a sextas-feiras, das 9h às 17h, e sábados e domingos, da 10h às 18h. 

Vinicius Mitto

Autor Vinicius Mitto

Vinícius Mitto é professor e arquivista, mas se declara um curioso-perguntador. Botou o #BahGuri no ar para se divertir e fazer novos amigos. Em 2020 o blog se tornou um bloco de carnaval e arrastou 50 mil pessoas em Porto Alegre.

Deixe uma resposta