fechar
qwqwqwq

Há muitos anos os Bancos Sociais ingressam na rotina de instituições sociais que atendem comunidades carentes, levando alimentos e esperança de uma vida cada vez melhor. Agora, é a vez da comunidade visitar as instalações do espaço que nasceu com o propósito de apoiar e fortalecer as iniciativas do Terceiro Setor no combate à fome, violência e miséria, em um momento de integração, cultura e troca de conhecimentos. Abrindo suas portas com a 1ª Feira Multicultural da Fundação Gaúcha dos Bancos Sociais (FGBS), no dia 5 de julho, a organização que abriga 14 Bancos Sociais receberá de braços abertos as pessoas que estão ao seu entorno.

Tudo foi minuciosamente pensado para bem receber a todos, começando pela temática e decoração da feira, que foram inspiradas em livros de duas autoras que participarão do evento. Usando muitas borboletas, que saíram do livro ” Panapaná: borboletas em verso e voo” (Physalis Editora), da Gláucia de Souza, e maçãs, pelo livro “6 Dezenas de Maçãs” (Editora ViviLendo), de Viviane de Gil, os elementos emergiram da literatura para dar luz a muitas atividades durante o dia cultural.

Seis escolas participarão de circuitos de oficinas educativas e culturais, envolvendo diferentes Bancos Sociais, com atividades de educação alimentar, pintura de brinquedos, e confecção de chaveirinhos com feltro. Escolas e cada aluno participante receberão kits de livros e brinquedos pedagógicos.

O público em geral terá a sua disposição livros de diversos gêneros, distribuídos gratuitamente pelo Banco de Livros, além de ter a oportunidade de participar de um bate-papo com escritoras, a assistir a um show musical e ainda receber atenção à saúde. Tudo aberto à comunidade.

Localizada no bairro Sarandi, a FGBS atende milhares de pessoas todos os dias, chegando na casa ou na organização social com diferentes abordagens, seja com alimento, com livro, com materiais de construção, com vestuário, entre outros. Diariamente, muitos beneficiários vão à sede para atividades como cursos ou projetos de Nutrição e Saúde, e muito mais.

Agora a FGBS deseja fortalecer ainda mais a relação com seus beneficiários e com a comunidade do entorno, disposta a somar novas experiências e conhecimento, em um dia de muita cultura e arte.

PROGRAMAÇÃO

Durante todo o dia o Banco de Livros disponibilizará gratuitamente títulos variados, para todos os gostos e faixas etárias, no sistema pegue e leve. Além disso, o grupo Enfermagem da Alegria, composto por acadêmicos de Enfermagem da SEG, atenderá a comunidade em um estande de cuidados da saúde, com verificação da glicose e aferição da pressão arterial. Além disso, oficinas dedicadas a alunos de seis instituições atendidas pelos Bancos Sociais farão a alegria da garotada.

Encontro com Escritoras

O Banco de Livros receberá duas escritoras gaúchas para um bate-papo, com atividade aberta a toda comunidade. Das 9h às 9h30 a autora Viviane de Gil conversará com o público sobre seu livro infantil “Conto de Aldeia” (Editora ViviLendo). À tarde será a vez da autora da obra “Reverso” (Projeto Editora), Gláucia de Souza, dialogar sobre seu livro de poemas infanto-juvenil, das 14h às 14h30.

Oficina de Pintura de Brinquedos com Tio Maicon

O Tio Maicon, do Banco de Mobiliários, ministrará duas oficinas de pintura de brinquedos aos alunos das escolas recepcionadas, uma em cada turno.

Oficina de Chaveiro de Feltro

A professora Cristiane Rosa, do Banco de Vestuários, ensinará a garotada das escolas a confeccionar chaveiros utilizando feltro, em uma oficina pela manhã e outra à tarde.

Oficina Mito ou Verdade?

Nutricionistas do Banco de Alimentos ministrarão oficinas sobre os mitos e verdades na alimentação, em uma atividade de educação alimentar.

Show com a Banda Cesmar

Com apresentação aberta a toda a comunidade, a Banda Cesmar, do Centro Social Marista de Porto Alegre, instituição social e de educação básica do bairro Rubem Berta, fará um show musical, encerrando as atividades da feira.

FUNDAÇÃO GAÚCHA DOS BANCOS SOCIAIS – 20 anos de história

A Fundação Gaúcha dos Bancos Sociais (FGBS) foi criada em 2003, no Conselho de Cidadania da FIERGS, a partir da bem sucedida experiência do Banco de Alimentos de Porto Alegre, o primeiro do gênero no Brasil, criado no ano 2000. A missão da Fundação é “transformar o desperdício em benefício social”, oferecendo às comunidades carentes excedentes dos mais diversos segmentos e fortalecendo iniciativas do Terceiro Setor.

A FGBS atende a mais de 400 instituições sociais, agregando 14 Bancos Sociais: Banco de Alimentos; Banco de Computadores; Banco de Gestão e Sustentabilidade; Banco de Livros; Banco de Órgãos e Transplantes; Banco de Materiais de Construção; Banco de Mobiliários; Banco do Plástico; Banco de Projetos Comunitários; Banco de Refeições Coletivas; Banco de Resíduos; Banco de Tecido Humano-Pele; Banco de Vestuários e Banco de Voluntários.

SERVIÇO

1ª Feira Multicultural da Fundação Gaúcha dos Bancos Sociais

Quando: 5 de julho de 2023

Horário: Manhã – das 9h às 11h; Tarde – das 14h às 16h30

Local: Sede da FGBS – Av. Francisco Silveira Bitencourt, 1928. Bairro Sarandi – Porto Alegre

Vinicius Mitto

Autor Vinicius Mitto

Vinícius Mitto é professor e arquivista, mas se declara um curioso-perguntador. Botou o #BahGuri no ar para se divertir e fazer novos amigos. Em 2020 o blog se tornou um bloco de carnaval e arrastou 50 mil pessoas em Porto Alegre.

Deixe uma resposta